Domingo, 4 de Março de 2007

EU

JG

 

 

                          Eu

 
Eu, eu mesmo... 
    Eu, cheio de todos os cansaços  
    Quantos o mundo pode dar. — 
    Eu... 
    Afinal tudo, porque tudo é eu, 
    E até as estrelas, ao que parece, 
    Me saíram da algibeira para deslumbrar crianças... 
    Que crianças não sei... 
    Eu... 
    Imperfeito?  Incógnito?  Divino? 
    Não sei... 
    Eu... 
    Tive um passado?  Sem dúvida... 
    Tenho um presente?  Sem dúvida... 
    Terei um futuro?  Sem dúvida... 
    A vida que pare de aqui a pouco... 
    Mas eu, eu... 
    Eu sou eu, 
    Eu fico eu, 
    Eu... 

Álvaro de Campos

João

publicado por agregando às 23:37
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. TEMPOS PASSADOS

. NASCEU

. ...

. REGRESSO

. ...

. CORAÇÃO/AUSÊNCIA

. ...

. DOR

. SENSAÇÕES

. PARA.......

.arquivos

.As minhas preferências

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds