Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2007

...

 

 

JG

Abaixo vai a minha singela homenagem ao maior cantor de lingua portuguesa.

Dono de uma voz e talento Ímpares. marcaste a minha geração com as tuas cantigas.

Estejas onde estiveres, o meu muito obrigado!

 

Canção de embalar


Dorme meu menino a estrela dàlva
Já a procurei e não a vi
Se ela não vier de madrugada
Outra que eu souber será pra ti

Outra que eu souber na noite escura
Sobre o teu sorriso de encantar
Ouvirás cantando nas alturas
Trovas e cantigas de embalar

Trovas e cantigas muito belas
Afina a garganta meu cantor
Quando a luz se apaga nas janelas
Perde a estrela d'alva o seu fulgor

Perde a estrela d'alva pequenina
Se outra não vier para a render
Dorme quinda à noite é muito menina
Deixa-a vir também adormecer

Zeca Afonso(Cantares do Andarilho)

João

publicado por agregando às 22:49
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Gaivota a 1 de Março de 2007 às 18:57
Tive o previlégio de o conhecer pessoalmente, infelizmente numa fase já avançada da doença. Uma pessoa que mesmo sofrendo, demonstrava uma calma e resignação dignas de nota.
Clara

Comentar post

.mais sobre mim

.Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. TEMPOS PASSADOS

. NASCEU

. ...

. REGRESSO

. ...

. CORAÇÃO/AUSÊNCIA

. ...

. DOR

. SENSAÇÕES

. PARA.......

.arquivos

.As minhas preferências

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds